ESPETÁCULOS DE DANÇA ESPONTÂNEA

Extraídos livremente da interpretação da analista junguiana Clarissa Pinkolas Estés do livro "Mulheres que correm com os lobos".

La Llorona

LA LLORONA - Espetáculo de Dança Espontânea e Ato Psicodramático.

La Llorona é a lenda mexicana da mulher que assombra os leitos dos rios, por ter afogado seus filhos e a si mesma ao perder o amor do jovem pai.

O projeto tem como foco de pesquisa a voz no fluxo de liberação do corpo espontâneo, dirigida por Beatriz Tomaz que integra a Cia ao lado de Andrea Lago, Juliana Diaz , Renata Oliveira e Roberta Lelles.

FICHA TÉCNICA:

Direção: OTilia Françoso Didi

Concepção e Preparação Vocal: Beatriz Tomaz

Criação e Interpretação: Andrea Lago, Beatriz Tomaz, Juliana Diaz, Renata Lopes Oliveira, Roberta Lelles.

Agradecimentos: San Godoy, Mariane Wegmann e Ane Silveira

Fotos: Carlos R. A. Costa

Barba Azul

Conta a história de um predador psíquico que impede um indivíduo de seguir livremente seus impulsos criativos.

12966077_10201657110707739_237729148_n.jpg
12939360_10201657110787741_475057966_n.jpg
12939102_10201657110547735_1606516561_n.jpg
12939613_10201657109707714_1865308820_n.jpg
12794841_10201582108712736_8369940344317884987_o.jpg
BA 3.jpg
12113381_10201582121473055_5681304945105193668_o.jpg
ba 6.jpg
BA 5.jpg
BA 4.jpg
12719509_10201582127753212_2312944900782361742_o.jpg
FICHA TÉCNICA

Direção e concepção: OTilia Françoso Didi
Criação e Interpretação: Andrea Lago, Beatriz Tomaz, Franciane Silveira Ane, Juliana Diaz, Mariane Wegmann, Renata Oliveira, Roberta Leles, San Godoy e Thereza Rollo.

Design gráfico: Renata Oliveira

Fotos: Léo Breda

Vasalisa, a sabida

Espetáculo sobre o despertar da intuição. 

1477398_3800583951303_961710647_n.jpg
Vasalisa 2013.jpg
10841795_911525562198647_7133321389888387330_o.jpg
10676210_4928977320432_3390321370616266361_n.jpg
mari.jpg
10665698_4654589740914_8739645286057689507_n.jpg
Vasalisa Casa de Lua 2014.jpg
Vasalisa Casa de Lua 2014 (2).jpg
Vasalisa_Ateliê_Compartilhado.jpg
Vasalisa_Ateliê_Compartilhado_2014.jpg
Vasalisa Atelie Compartilhado 2014.jpg
Vasalisa Atelie Compartilhado 2014 2.jpg
Vasalisa Atelie Compartilhado 2014 (5).jpg
Vasalisa Atelie compartilhado 2014 (4).jpg
Vasalisa Atelie compartilhado 2014 (3).jpg
Vasalisa_Ateliê_Compartilhado_2014_(2).jpg
casa jaya vasalisa corte.jpg
vasa monte 2.jpg
Vasalisa Atelie Compartilhado
FICHA TÉCNICA

Direção e concepção: OTilia Françoso Didi
Criação e interpretação: Andrea Lago, Juliana Diaz, Mariane Wegmann e Renata Oliveira.

Design gráfico: Mariana Kuroyama

Fotos: Camila Cardim, Camila Françoso Rosso,Camila Gabay Sá, Franciane Silveira, Jessica Multini, Fábio Minawaga, Lina Molina, Tati Wexler, Zé Naklem.

Vídeo: Renato Levi

Mais sobre o espetáculo Vasalisa, a sabida

Estreou em 2013 na XI Mostra de danças e música do Espaço Rasa no “Viga Espaço Cênico” com desenho de Ricardo Woo. Em agosto de 2014, o público foi convidado a percorrer as salas do casarão que hoje abriga o Ateliê Compartilhado CASA AMARELA e incorporou o artista plástico e performer Ricardo Woo. Para a CASA JAYA o convidado foi o artista plástico e musico Jorge Pereyra. Na CASA DE LUA com o publico intimista, a convidada foi a desenhista, designer gráfica e tatuadora Mariana Kuroyama. Em dezembro  2014 de “ Vasalisa” volta ao palco na XII Mostra de Dança do Espaço Rasa no Centro de Referência da Dança de SP. Em 2015 no Atelier da Senhoritas contou com Juliana Bazanelli na leitura dramática, e no DAIMOM-SOPSP ( Sociedade de Psicodrama) realizou uma sessão aberta. Retoma a Casa Jaya com a participação da platéia em maio e novembro de 2015. Ainda em 2015 faz apresentação especial na Virada Feminista, na Casa Girassol, em Santo Antonio do Pinhal e no projeto Alberto Seabra. Em março de 2016 volta a se apresentar na Casa Jaya . 

Mulher Esqueleto

 

Em seu tempo o coração pulsou...com a força do recomeçar. 

Mulherer Esqueleto.jpg
Mulhere esqueleto.jpg
Mulhere Esqueleto (3).jpg
Mulher Esqueleto Casa Jaya.jpg
me 4.jpg
997026_10200343978560256_9212373591863848014_n.jpg
10014905_10200337904008396_750735345187948987_n_edited.jpg
11078177_10200495740714215_5393760863065736172_o.jpg
Mulher esqueleto - Mari
Mulher esqueleto monte
Mulher esquelero Thete
10919035_10200360056962206_4882880810085124250_n.jpg
10421182_10200337900448307_6284852320655727700_n.jpg
1484680_10200337914648662_6924337906317837533_n.jpg
11025830_10200343977320225_8692497512765075119_n.jpg
11038126_10200337922248852_62900860446721864_n.jpg
11043209_10200343980240298_163190926652225804_n.jpg

FICHA TÉCNICA

Direção: OTiliaFrançoso Didi

Criação e Interpretação: Andrea Lago, Beatriz Tomaz, Franciane Silveira, Juliana Diaz, Mariane Wegmann, Renata Oliveira, San Godoy e Thereza Rollo.

Preparação vocal: Beatriz Tomaz

Figurino: Cia Mulheres em Movimento, pesquisa de San Godoy

Vídeo: Flavio Rocha

Fotos: Naava Bassi, Camila Françoso Rosso, Paulo Lopes,  Carol Diaz e Otavio Dias.

Mais sobre o espetáculo Mulher Esqueleto

 

Em 2014, a Cia Mulheres em Movimento mergulhou na relação de amor da Mulher Esqueleto com o pescador . Em toda relação a disponibilidade de escuta, de ceder sem se omitir, de propor sem impor, gera um estado de prontidão e fluidez. Essa experiência nos permite amar ou não, o outro da maneira como ele se apresenta.

Estreou no Espaço C35, da Cia JR Garcia, em dezembro de 2014. Em março e outubro de 2015 única apresentação na Casa Jaya. Em maio de 2015, no Espaço Florescer apresentação do espetáculo e também compartilha com o público o Vídeodança inspirado no conto.

Vídeodança Mulher Esqueleto

 

Um projeto de ambientação na natureza da Cia Mulheres em Movimento em parceria com o

fotografo e cinematógrafo Otavio Dias para o espetáculo Mulher Esqueleto. 

FICHA TÉCNICA

Direção e criação: OTiliaFrançoso Didi

Diretor, cinematógrafo e editor:  Otavio Dias

Criação e Interpretação: Andrea Lago, Beatriz Tomaz,

Franciane Silveira, Juliana Diaz, Mariane Wegmann,

Renata Oliveira, San Godoy e Thereza Rollo

Operador de Drone: Pisco del Gaiso Solo

Vocal: Beatriz Tomaz

Trilha sonora: Corciolii, Andrey Cechelero, the Emerald

Forest, Uakiti, Ludovico Einaudi, Cocteau Twins

Fotografia: Otavio Dias.

Pele de Foca, pele da alma

 Uma metáfora dos ciclos de conexão entre o ego e a alma, um retorno ao lar da alma.

6433_4160024937103_8770971355644369720_n.jpg
13779_10200501144969318_544921097368754019_n.jpg
1491750_4160026777149_6374126416682292056_n.jpg
1016962_4160042577544_4799011368285522658_n.jpg
1011780_4160021057006_1456809418560042734_n.jpg
984053_4160046177634_7984130658541200887_n.jpg
1509661_10200501144209299_7577269817576954443_n.jpg
1509691_4160027537168_4775660452351683669_n.jpg
1512285_10200501146529357_5659227440598456979_n.jpg
1514587_10200501146809364_5005811666123781497_n.jpg
1558513_4160039017455_7761210409012216399_n.jpg
1604454_4160022657046_353613217809032805_n.jpg
1779809_4160024577094_8764062180345579429_n.jpg
1975262_4160024297087_2869640807595099376_n.jpg
1979576_4160030217235_3904629150275678673_n.jpg
10009844_4160039897477_3047965003049784229_n.jpg
10014566_4160030617245_5583650974577528524_n.jpg
10014616_4160022337038_8222911242321467800_n.jpg
10014686_4160023657071_854551205603909749_n.jpg
10151884_4160044657596_519461666973111004_n.jpg
10151920_4160021737023_4177789649449490779_n.jpg
10153654_4160026097132_7091693329028206523_n.jpg
10154045_4160020857001_4866160214737360206_n.jpg
10154125_4160023017055_2616974748730555626_n.jpg
10154443_4160045937628_3197736024696801104_n.jpg
10155599_4160022777049_1258313765226196680_n.jpg
10156041_4160029217210_5785777629489852142_n.jpg
10157241_4160044177584_2990487795921627888_n.jpg
10171904_4160023257061_7458961669067313204_n.jpg
10174811_4160022297037_4611002301586060270_n.jpg
11108844_10200489381795246_3193337879118807454_n.jpg
11128634_10200501144329302_1001238429691028355_n.jpg
11143703_10200501148009394_8607854817150068128_n.jpg
11146302_10200489383075278_8553167600373158415_n.jpg
11148354_10200501145769338_7840244569872577237_n.jpg
11148461_10200501143609284_8027102212895371806_n.jpg
Pele de foca.jpg
flyer Pele de Foca.jpg
11152343_10200501146609359_4683840827883391106_n.jpg
11150750_10200501146129347_3248766629586009219_n.jpg
11150534_10200501145529332_5436990600414829055_n.jpg
11149286_10200501144529307_6703482606514411621_n.jpg

 

FICHA TÉCNICA

Concepção e Direção: OTilia Françoso Didi

Criação e interpretação: Adriana Sesti, OTiliaFrançoso, Roberta Leles e Sandra Bitar.

Composição musical e paisagens sonoras: Beatriz Tomaz, Daniel Moray Luza e Sandra Godoy.

Concepção de luz: Sandra Bitar e OTilia Françoso

Desenhos: Ricardo Woo

Design Gráfico: Mariana Kuroyama

Iluminador: Jorge Leal

Fotos : Tati Wexler

Datas das apresentações: 09 e 16/06/2013

Local: Viga Espaço Cênico

Donzela sem mãos

O conto, dos irmãos Grimns,  tem um início dramático. Devido a um pacto, infeliz, as mãos de uma donzela são mutiladas, ela perambula pela floresta e encontra o amor no outro mundo, ainda assim sua alma é atormentada. Segue seu caminho e na natureza selvagem reencontra o domínio da própria vida.

Donzelas_sem_Mãos_2012e.jpg
Donzelas_sem_Mãos_2012d.jpg
Donzelas_sem_Mãos_2012c.jpg
Donzelas_sem_Mãos_2012b.jpg
Donzelas_sem_Mãos_2012.jpg
Donzelas_sem_Mãos_2012_a.jpg

FICHA TÉCNICA

Direção e Concepção: OTiliaFrançoso Didi

Interpretação e criação: Adriana Sesti, Ana Lucia Bianconi, Cassimila Eznab, Inaiá Bitencourt e Luiza Viegas

Local : Viga Espaço Cenico

Datas: 23/08/12 e 13/09/12 

Projeção: Ricardo Woo

Fotos: Jorge Peña , Robic Lotus e Julia Andrade

© 2015 por Cia Mulheres em Movimento www.ciamulheresemmovimento.com.br

Criado por Renata Lopes