© 2015 por Cia Mulheres em Movimento www.ciamulheresemmovimento.com.br

Criado por Renata Lopes

ESPETÁCULOS DE DANÇA ESPONTÂNEA

Extraídos livremente da interpretação da analista junguiana Clarissa Pinkolas Estés do livro "Mulheres que correm com os lobos".

La Llorona

LA LLORONA - Espetáculo de Dança Espontânea e Ato Psicodramático.

La Llorona é a lenda mexicana da mulher que assombra os leitos dos rios, por ter afogado seus filhos e a si mesma ao perder o amor do jovem pai.

O projeto tem como foco de pesquisa a voz no fluxo de liberação do corpo espontâneo, dirigida por Beatriz Tomaz que integra a Cia ao lado de Andrea Lago, Juliana Diaz , Renata Oliveira e Roberta Lelles.

FICHA TÉCNICA:

Direção: OTilia Françoso Didi

Concepção e Preparação Vocal: Beatriz Tomaz

Criação e Interpretação: Andrea Lago, Beatriz Tomaz, Juliana Diaz, Renata Lopes Oliveira, Roberta Lelles.

Agradecimentos: San Godoy, Mariane Wegmann e Ane Silveira

Fotos: Carlos R. A. Costa

Barba Azul

Conta a história de um predador psíquico que impede um indivíduo de seguir livremente seus impulsos criativos.

FICHA TÉCNICA

Direção e concepção: OTilia Françoso Didi
Criação e Interpretação: Andrea Lago, Beatriz Tomaz, Franciane Silveira Ane, Juliana Diaz, Mariane Wegmann, Renata Oliveira, Roberta Leles, San Godoy e Thereza Rollo.

Design gráfico: Renata Oliveira

Fotos: Léo Breda

Vasalisa, a sabida

Espetáculo sobre o despertar da intuição. 

FICHA TÉCNICA

Direção e concepção: OTilia Françoso Didi
Criação e interpretação: Andrea Lago, Juliana Diaz, Mariane Wegmann e Renata Oliveira.

Design gráfico: Mariana Kuroyama

Fotos: Camila Cardim, Camila Françoso Rosso,Camila Gabay Sá, Franciane Silveira, Jessica Multini, Fábio Minawaga, Lina Molina, Tati Wexler, Zé Naklem.

Vídeo: Renato Levi

Mais sobre o espetáculo Vasalisa, a sabida

Estreou em 2013 na XI Mostra de danças e música do Espaço Rasa no “Viga Espaço Cênico” com desenho de Ricardo Woo. Em agosto de 2014, o público foi convidado a percorrer as salas do casarão que hoje abriga o Ateliê Compartilhado CASA AMARELA e incorporou o artista plástico e performer Ricardo Woo. Para a CASA JAYA o convidado foi o artista plástico e musico Jorge Pereyra. Na CASA DE LUA com o publico intimista, a convidada foi a desenhista, designer gráfica e tatuadora Mariana Kuroyama. Em dezembro  2014 de “ Vasalisa” volta ao palco na XII Mostra de Dança do Espaço Rasa no Centro de Referência da Dança de SP. Em 2015 no Atelier da Senhoritas contou com Juliana Bazanelli na leitura dramática, e no DAIMOM-SOPSP ( Sociedade de Psicodrama) realizou uma sessão aberta. Retoma a Casa Jaya com a participação da platéia em maio e novembro de 2015. Ainda em 2015 faz apresentação especial na Virada Feminista, na Casa Girassol, em Santo Antonio do Pinhal e no projeto Alberto Seabra. Em março de 2016 volta a se apresentar na Casa Jaya . 

Mulher Esqueleto

 

Em seu tempo o coração pulsou...com a força do recomeçar. 

FICHA TÉCNICA

Direção: OTiliaFrançoso Didi

Criação e Interpretação: Andrea Lago, Beatriz Tomaz, Franciane Silveira, Juliana Diaz, Mariane Wegmann, Renata Oliveira, San Godoy e Thereza Rollo.

Preparação vocal: Beatriz Tomaz

Figurino: Cia Mulheres em Movimento, pesquisa de San Godoy

Vídeo: Flavio Rocha

Fotos: Naava Bassi, Camila Françoso Rosso, Paulo Lopes,  Carol Diaz e Otavio Dias.

Mais sobre o espetáculo Mulher Esqueleto

 

Em 2014, a Cia Mulheres em Movimento mergulhou na relação de amor da Mulher Esqueleto com o pescador . Em toda relação a disponibilidade de escuta, de ceder sem se omitir, de propor sem impor, gera um estado de prontidão e fluidez. Essa experiência nos permite amar ou não, o outro da maneira como ele se apresenta.

Estreou no Espaço C35, da Cia JR Garcia, em dezembro de 2014. Em março e outubro de 2015 única apresentação na Casa Jaya. Em maio de 2015, no Espaço Florescer apresentação do espetáculo e também compartilha com o público o Vídeodança inspirado no conto.

Vídeodança Mulher Esqueleto

 

Um projeto de ambientação na natureza da Cia Mulheres em Movimento em parceria com o

fotografo e cinematógrafo Otavio Dias para o espetáculo Mulher Esqueleto. 

FICHA TÉCNICA

Direção e criação: OTiliaFrançoso Didi

Diretor, cinematógrafo e editor:  Otavio Dias

Criação e Interpretação: Andrea Lago, Beatriz Tomaz,

Franciane Silveira, Juliana Diaz, Mariane Wegmann,

Renata Oliveira, San Godoy e Thereza Rollo

Operador de Drone: Pisco del Gaiso Solo

Vocal: Beatriz Tomaz

Trilha sonora: Corciolii, Andrey Cechelero, the Emerald

Forest, Uakiti, Ludovico Einaudi, Cocteau Twins

Fotografia: Otavio Dias.

Pele de Foca, pele da alma

 Uma metáfora dos ciclos de conexão entre o ego e a alma, um retorno ao lar da alma.

 

FICHA TÉCNICA

Concepção e Direção: OTilia Françoso Didi

Criação e interpretação: Adriana Sesti, OTiliaFrançoso, Roberta Leles e Sandra Bitar.

Composição musical e paisagens sonoras: Beatriz Tomaz, Daniel Moray Luza e Sandra Godoy.

Concepção de luz: Sandra Bitar e OTilia Françoso

Desenhos: Ricardo Woo

Design Gráfico: Mariana Kuroyama

Iluminador: Jorge Leal

Fotos : Tati Wexler

Datas das apresentações: 09 e 16/06/2013

Local: Viga Espaço Cênico

Donzela sem mãos

O conto, dos irmãos Grimns,  tem um início dramático. Devido a um pacto, infeliz, as mãos de uma donzela são mutiladas, ela perambula pela floresta e encontra o amor no outro mundo, ainda assim sua alma é atormentada. Segue seu caminho e na natureza selvagem reencontra o domínio da própria vida.

FICHA TÉCNICA

Direção e Concepção: OTiliaFrançoso Didi

Interpretação e criação: Adriana Sesti, Ana Lucia Bianconi, Cassimila Eznab, Inaiá Bitencourt e Luiza Viegas

Local : Viga Espaço Cenico

Datas: 23/08/12 e 13/09/12 

Projeção: Ricardo Woo

Fotos: Jorge Peña , Robic Lotus e Julia Andrade